Stormia: plataforma da Seguros Unimed integra 350 cooperativas

A Stormia, plataforma cooperativa e colaborativa da Seguros Unimed, é um verdadeiro case de intercooperação que foi, inclusive, apresentado no Cooptech 2019. Afinal, a tecnologia integra, por enquanto, 350 cooperativas singulares em volta de uma plataforma digital.

De forma resumida, podemos dizer que a Stormia é um app que não se restringe à Seguros Unimed. Pelo contrário, seu sucesso está relacionado à sua disseminação junto a outras cooperativas. Isso porque se trata de uma plataforma cooperativa que ajuda a estreitar o relacionamento com cooperados.

Antes de entrar em detalhes sobre o funcionamento da Stormia, no entanto, vamos entender como ela foi concebida.

Célula de inovação digital

Em 2016 a diretoria da Seguros Unimed decidiu investir na transformação digital da empresa. É o que contou Marcelo Smarrito, Digital Strategic Advisor da Seguros Unimed. “Na época, decidiu-se seguir nesta jornada mesmo sem a menor ideia de onde poderíamos chegar!”, lembra. O intuito era criar mecanismos para catalisar a transformação do negócio, aumentando a capilaridade dos serviços prestados.

No entanto, a Seguros Unimed é maior do que grandes bancos. Logo, não teria como a inovação nascer internamente, acredita Smarrito. “A solução foi criar uma célula num espaço onde pudéssemos ousar levando em consideração o legado, os beneficiários e os cooperados que pagam a conta da inovação”, explica.

Como ponto de partida a empresa criou um espaço voltado exclusivamente à pesquisa e à experimentação. Era importante, conta Smarrito, que este celeiro de soluções digitais funcionasse de forma independente da operação.

Com isso, uma equipe de especialistas em inovação ocupou um espaço na WeWork. Alocada neste ambiente colaborativo, a célula se volta ao redesenho da experiência digital da empresa, ao desenvolvimento de novos negócios e à criação e desenvolvimento de novas parcerias. Além disso, auxilia na aceleração de projetos alinhados ao plano estratégico da companhia e participa da disseminação de métodos ágeis de gestão.

O primeiro passo da célula foi fazer o mapeamento de toda a jornada digital dos stakeholders para conhecer e entender o comportamento de cada cliente. “Como subproduto desta atividade  saíram vários deveres de casa, melhorias de processos, aplicações digitais, melhorias nos canais”, explica Smarrito.

O mapeamento constatou que “como agentes de seguros, somos os reis da má notícia”, pontua Smarrito. Na prática, isso significa que a Seguros Unimed só tinha contato com clientes no caso de sinistros. A oportunidade era a de criar novos pontos de contato com os clientes.

Cerca de três anos depois nascia a Stormia.

Stormia, uma plataforma cooperativa

Para aumentar os pontos de contato com seus clientes e, assim, posicionar a marca além da comunicação de sinistros, a Seguros Unimed criou a Stormia. Na prática, a plataforma cooperativa funciona como um app que centraliza informações e funcionalidades até então fragmentadas na internet.

Cooptech 2019

Apresentação da Stormia por Marcelo Smarrito, Digital Strategic Advisor da Seguros Unimed, durante o Cooptech 2019

“A plataforma Stormia fala de bem estar, de social, de comportamento”, comenta Smarrito. Além disso, a plataforma funciona também como um marketplace para aquisição de outros produtos e serviços. Nesse sentido, a Stormia atua como uma corretora digital e permite à Seguros Unimed fazer ofertas adequadas ao perfil de cada cliente. Ou seja, produtos como seguro odontológico, previdência privada, seguro de vida, dentre outros.

O grande trunfo, no entanto, é que a Stormia não se limita à Seguros Unimed. Embora a empresa seja a detentora da tecnologia e responsável pela gestão da plataforma, qualquer cooperativa singular que queira pode usufruir de suas funcionalidades. Dessa maneira, a alimentação do sistema depende da capilarização da Stormia por todo o País.

Assim, todos os lados se beneficiam da Stormia. As cooperativas singulares contam com a tecnologia sem precisar alocar recursos em seu desenvolvimento. Os usuários contam com uma plataforma de serviços e marketplace rico em ofertas.

A Seguros Unimed, por fim, aumenta os pontos de contato com seus clientes por meio de ofertas variadas de valor. Mais do que isso, gera receita a partir da gestão do marketplace por meio do qual outras cooperativas vendem. “O modelo de negócios é o grande segredo do sucesso, pois montar a plataforma e dizer quanto ela custa é fácil”, diz Smarrito.

Iniciativa reconhecida internacionalmente

Não à toa, portanto, a Stormia foi finalista do Service Design Award 2019, uma das mais consagradas premiações de excelência em design de serviços do mundo. Único projeto brasileiro selecionado entre os 100 finalistas, a Stormia concorreu na categoria Comercial Profissional.

O objetivo da premiação para a Seguros Unimed era mostrar como o design de serviços ajuda a promover a jornada de transformação da seguradora. Afinal, foi o design de serviço que orientou a definição de quatro metas estratégicas da empresa relacionados à Stormia:

  • Consolidar a organização como uma plataforma de serviços digitais B2B2C especializada em cuidados pessoais, bem estar, proteção e prevenção;
  • Transformar a operação em referência em transformação digital;
  • Posicionar a plataforma como uma fonte de informação, conteúdo e geração de oportunidades negócios complementar ao sistema cooperativo e referência no País neste tipo de oferta;
  • Tornar a organização pioneira no desenvolvimento do conceito de insurtechs no Brasil, inovando nos padrões da indústria de seguros, criando novas frentes de negócios baseadas no comportamento digital dos brasileiros. 

Criação de um ecossistema digital de valor compartilhado

Além das quatro metas com as quais a Stormia contribui, a plataforma tem um outro papel fundamental para a Seguros Unimed. Ou seja, a criação de um ecossistema digital em torno da Stormia que permita gerar valor de forma compartilhada com as empresas e pessoas em torno dela.

De acordo com o material de divulgação do Service Design Awards este efeito é fruto da priorização dada ao desenho do roadmap de projetos. Por meio dele é que a célula de inovação constatou que era preciso buscar diferenciação entre os mais de 120 apps mapeados no sistema médico cooperativo.

Stormia

Mapeamento dos momentos críticos das oito jornadas de clientes identificadas durante o processo que deu origem à Stormia

Diferente de tais apps com pouca relevância para os usuários, a Stormia deveria, portanto, funcionar de forma integrada e simples. Além disso, baseada nos princípios de intercooperação. Em outras palavras, considerando que todos os stakeholders deveriam se beneficiar direta e colaborativamente dos resultados por ela gerados.

“A plataforma será o local e o meio para promover inovação colaborativa, qualidade de vida e proteção financeira para as pessoas. E será aberta e participativa”, diz o texto.

A companhia enxerga, ainda, outros benefícios decorrentes do legado de criação da plataforma Stormia. Dentre eles, os impactos positivos na cultura, nas metodologias de trabalho e na forma de fazer negócios para toda a organização. Ou seja, a criação de uma cultura de inovação cooperativa.

Para tanto, foi desenhado um framework de design de serviços específico que tem sido adaptado e incrementado para incluir cada vez mais colaboradores. A intenção é criar um ambiente propício à cocriação, à prototipação e ao teste de ideias por meio de MVPs (Minimal Viable Products).

Conclusões sobre a Stormia

Pudemos ver os diversos e impossíveis de prever impactos que uma decisão da diretoria geraram para toda a Seguros Unimed. Bastou a intenção de criar o ambiente favorável à transformação digital. A partir daí, a organização ganhou novas fontes de receita, uma maneira diferente e inovadora de se relacionar com seus clientes e com o mercado e alterou a dinâmica de desenvolvimento de produtos e serviços.

Agora, a Seguros Unimed coloca o cliente no centro do processo decisório. Com isso, consegue mapear suas jornadas, incluindo suas dores, e ser muito mais assertiva no desenvolvimento de negócios.

Por criar as condições adequadas, com a Stormia a Seguros Unimed começa a colher os frutos do investimento em inovação apenas três anos depois da decisão da diretoria.

Quais aprendizados você pode tirar deste case? Como a experiência da plataforma Stormia pode contribuir para a inovação dentro da sua cooperativa?

Em que fase está a sua cooperativa no que diz respeito à inovação?

Conte para nós! Vamos seguir o exemplo da Seguros Unimed com a Stormia e criar juntos o nosso ecossistema de inovação no cooperativismo!

Até a próxima!