fbpx
Início Cooperativismo de plataforma Driver’s Seat: a cooperativa de dados para motoristas de aplicativo

Driver’s Seat: a cooperativa de dados para motoristas de aplicativo

“Os dados são o novo petróleo”. Certamente você já ouviu essa frase por aí. Mas existe um porém: uma gota de petróleo vale muito pouco. Da mesma forma, os dados desagregados, sem volume e contexto, têm pouco valor. É aí que entra o papel de uma cooperativa de dados como a americana Driver’s Seat. 

A cooperativa funciona como um aplicativo para… motoristas de aplicativo! A premissa da cooperativa é simples: fazer com que os dados gerados pelos motoristas trabalhem a favor deles – e não apenas das big techs. 

Como? Basicamente os cooperados usam o app da Driver’s Seat simultaneamente com o seu app de motorista usual, como o Uber, por exemplo.

Como funciona a Driver’s Seat

A partir daí, a Driver’s Seat atua de duas formas: 

1. Fornece dados contextualizados para otimizar os ganhos dos motoristas. O app calcula, por exemplo, quilômetros rodados e quilometragem remunerada, além de verificar se a quilometragem rodada calculada pelos outros apps está correta. Ele também indica melhores horários e locais para buscar corridas.

2. Vende os dados de mobilidade agregados dos motoristas e os remunera por isso. Consultorias, órgãos públicos, entidades de pesquisa, entre outros, têm grande interesse nestes dados para estudos de mobilidade. Eles podem, por exemplo, embasar estudos sobre o impacto das corridas por aplicativo no trânsito, emissão de carbono, congestionamento das vias, entre outros. Quando os dados são vendidos, os valores são revertidos para os cooperados, no caso, os motoristas.

Voltando à comparação com o petróleo, a Driver’s Seat extrai os dados em larga escala, agrega, e gera valor assim como uma petroleira faz ao extrair petróleo. Com um diferencial: os donos do negócio da Driver’s Seat são os motoristas, que decidem democraticamente como e quando seus dados serão usados, além de serem remunerados por isso.

Para citar um exemplo, apenas uma venda da Driver’s Seat para uma agência municipal de São Francisco rendeu 45 mil dólares à cooperativa.

Cooperativa de dados em parceria com a GigCompare

Mais recentemente, a cooperativa fez uma parceria com a GigCompare, uma empresa recém-criada que calcula realmente quanto cada app de motorista paga por corrida, com dados atualizados. 

Vale lembrar que a falta de transparência e mudanças frequentes dos apps em relação à remuneração por corrida é motivo de embates entre motoristas e apps do mundo todo. É aí que entra a GigCompare, que compara a remuneração em tempo real dos motoristas, facilitando na escolha entre um ou outro app.

GigCompare site

A empresa foi fundada por um ex-funcionário do Google, Charles Kemp, com o objetivo de ajudar os motoristas a melhorarem seus ganhos com os aplicativos. Por meio da parceria, a GigCompare, uma pequena empresa, foi incorporada pela Driver’s Seat e Charles Kemp passou a fazer parte do time da cooperativa.

Em um comunicado, a Driver’s Seat destacou os seguintes benefícios dessa incorporação:

  • Novas ferramentas para os motoristas da Driver’s Seat saberem a remuneração média dos apps na sua cidade e comparar qual tem o melhor pagamento naquele momento, assim como a tendência de preço por quilômetro de cada app – se é de alta ou baixa;
  • Acesso mais rápido e simples dos motoristas aos seus dados de trabalho (quilômetros rodados, gastos etc), bem como dicas para melhorar a remuneração;
  • Expansão do número de usuários da plataforma, gerando mais dados, insights e valor aos cooperados.

Conclusão

Como sempre comentamos aqui na Coonecta, a inovação e a economia digital abrem novas oportunidades para as cooperativas – seja de plataforma ou não.

Mas buscar inspiração apenas nas big techs e startups não é suficiente. É preciso saber o que cooptechs e cooperativas inovadoras estão fazendo para tornar o fato de ser uma cooperativa um diferencial para sua estratégia de negócio. 

No caso de empresas que faturam com os dados de seus usuários, ser uma cooperativa é um diferencial por garantir maior transparência e distribuição justa dos recursos levantados com a venda desses dados. 

Quer conhecer outra cooperativa de dados? Veja este post sobre a Savvy Cooperative.