Cooptech: o primeiro evento exclusivo sobre inovação no cooperativismo

No dia 28 de novembro de 2019, em São Paulo, o Coonecta realizou o Cooptech 2019. O encontro se dedicou a falar dos movimentos de inovação no cooperativismo e do surgimento das cooperativas de plataforma.

Foi um dia intenso de palestras, apresentação de cases e debates em um formato intimista e exclusivo, para apenas 80 participantes.

O evento foi pensado para Gestores e Dirigentes de Cooperativas que precisam inovar. Entretanto, o conteúdo atendeu mesmo a profissionais que não atuam diretamente em áreas de inovação. Afinal, ter uma visão sistêmica da inovação é importante para todos os gestores envolvidos num processo de transformação.

O conteúdo do Cooptech atendeu a profissionais de Gestão, Inovação, Projetos, Comunicação, RH, Novos Negócios, Tecnologia e afins, além de Entusiastas do Cooperativismo de modo geral.

A nova era do cooperativismo 

Uma das características mais fortes do cooperativismo é a democracia. Esta peculiaridade carrega uma série de vantagens para gestão e saúde financeira das empresas. Mas por vezes isso leva a morosidade na tomada de decisões. Este é um dos motivos pelos quais as cooperativas em geral se tornaram pouco inovadoras ao longo do tempo. 

Longe de romper com sua característica mais inclusiva, é hora de reinventar a forma como cooperativas buscam por novas soluções. Afinal, a competitividade e imprevisibilidade do mercado estão cada vez maiores. E as respostas para ambos os casos passa, inevitavelmente, pela inovação.

Gostamos sempre de ressaltar que as cooperativas nasceram inovadoras e seus valores estão mais atuais do que nunca. Mas, para se manterem assim, elas precisam atualizar sua gestão.

As tecnologias exponenciais transformaram mercados e criaram uma Nova Economia. Agora, elas começam a avançar no cooperativismo. Com isso, dão origem a uma nova era no setor, com o surgimento de “cooptechs”.

Várias cooperativas brasileiras já estão atualizando suas soft-skills e cultura para a transformação digital. Algumas ações concretas nesse sentido são a aproximação com startups e ecossistemas de inovação e tecnologia. Além, claro, da estruturação de programas de inovação.

Há ainda o avanço das cooperativas de plataforma mundo afora. Um modelo que torna as plataformas mais justas e sustentáveis para todos os envolvidos – e que já conta com mais de 350 iniciativas em todo o mundo.

É um cenário de transformação pujante que foi apresentado na 1ª edição do Cooptech. Afinal, a proposta do evento era justamente apresentar ferramentas para começar a mudar o mindset de gestores e diretores de cooperativas de todos os ramos. Durante o evento pudemos ver que existem infinitas possibilidades para inovar em sua cooperativa. O mais importante é começar.

Veja destaques da programação do Cooptech:

  • Case Stormia: a plataforma para intercooperação que integra 350 cooperativas singulares
  • A primeira iniciativa de plataforma criada dentro de uma aceleradora de startups do Sicoob
  • Como funciona a incubadora de projetos internos de uma empresa centenária que é inovadora desde a fundação – e o que ela pode ensinar às cooperativas
  • Programa Inovar Juntos: como uma das cooperativas de crédito mais tradicionais do país se relaciona com startups
  • Blockchain e tokenização: as oportunidades para o cooperativismo
  • Aprenda a estruturar processos para criar uma cultura de inovação cooperativa
  • Como o cooperativismo de plataforma tem criado novas oportunidades de negócio escalável
  • Como se tornar um agente de inovação no cooperativismo
  • O desafio da inovação no cooperativismo: conheça experiências reais de cooperativas com transformação digital e mudança de mindset

Caso você tenha perdido a primeira edição do Cooptech, não se preocupe!

Nós preparamos um compilado de tudo o que rolou no Cooptech 2019! Confira e fique atento às próximas edições do principal evento sobre inovação no cooperativismo no Brasil.