Unicred: transformação digital sem se afastar do cooperado

Inovação é palavra de ordem no Sistema Unicred desde 2016, quando teve início a jornada da transformação digital na cooperativa de crédito, que reúne atualmente mais de 200 mil associados em 10 estados brasileiros.

“Começamos em 2016 e não paramos mais. Trata-se de uma jornada cujo principal propósito é gerar benefícios e agregar valor a todos os cooperados”, afirma Fernando Fagundes, Diretor Executivo – CEO do Sistema Unicred.

A premissa para todo o processo é que o cooperado deve estar no centro de qualquer iniciativa de inovação e mudança. Neste contexto, a transformação tecnológica do sistema está baseada em três pilares fundamentais:

  • Cultura organizacional: como estabelecer novos métodos de trabalho;
  • Tecnologia: oferecer novas soluções e plataformas digitais ao cooperado;
  • Ecossistema de negócios: atuar em parceria com outras organizações.

Para disseminar a cultura de inovação em todos os níveis do sistema cooperativo e reforçar esse propósito, um programa interno estimulou os mais de 3 mil colaboradores a propor projetos inovadores nas áreas de tecnologia, serviços e processos.

Os resultados do Unicred Inova foram positivos: através da plataforma Crowdicity, o programa recebeu 478 ideias, mais de 5 mil votos, 476 comentários e quase 10 mil visualizações no período de um mês e meio, demonstrando o engajamento interno à iniciativa.

Das 478 ideias, 124 foram pré-selecionadas pela comissão avaliadora do programa, que elegeu 12 finalistas. Destas, as 3 vencedoras foram escolhidas para prototipagem: Incubadora Unicred – Investidor Anjo, Unicred Runners e Produto Certo, Cooperado Certo.

As ideias finalistas foram apresentadas em junho de 2018 em uma feira no CriaLab, laboratório de criatividade da TecnoPUC, em Porto Alegre.

Foram eleitas vencedoras as ideias em que as transformações se traduziam em novos modelos de negócio e de relacionamento.

Duas das três propostas viraram, de fato, insumos para o desenvolvimento de novas soluções e produtos, que serão lançados pelo Sistema Unicred ao longo de 2019.

A primeira consiste em uma aceleradora de crédito com um novo modelo de investimento em startups. O segundo projeto se baseia no uso de inteligência artificial, machine learning e big data para conhecer melhor os cooperados da Unicred.

A ideia é utilizar esses dados para desenvolver ofertas e produtos mais assertivos para os cooperados.

“A reinvenção dos modelos de negócios e o estímulo ao pensamento inovador cultivado nas fintechs precisa ser cada vez mais inspirado nas grandes empresas. Precisamos praticar a inovação como algo cultural em nosso dia a dia”, afirma o diretor de Tecnologia e Operações da Unicred, Edson Solka.

Além do Unicred Inova, a jornada da transformação digital no Sistema Unicred abrange outras 6 iniciativas que, inclusive, já estão em prática e gerando resultados cada vez mais assertivos tanto para a cooperativa quanto para os associados. Conheça quais são:

1. Pesquisas sobre blockchain

A Unicred é a única cooperativa financeira a integrar, desde o segundo semestre de 2018, o Blockchain CoLab, um ambiente de colaboração e disseminação de conhecimento sobre blockchain sediado no campus da Unisinos em Porto Alegre.

O hub colaborativo entre universidade, sociedade e empresas visa explorar oportunidades e alavancar soluções baseadas em blockchain para propor novas soluções aos problemas que impactam os negócios e a sociedade em geral.

O mercado financeiro tem se posicionado otimista em relação ao blockchain, tanto que o Banco Central já utiliza a tecnologia em alguns de seus processos, como por exemplo a validação de documentos de diretores estatutários de instituições financeiras.

Na avaliação de Fernando Fagundes, em um futuro próximo o blockchain deverá impactar de maneira positiva no cooperativismo de crédito, permitindo a realização de transações entre duas instituições de maneira mais ágil e segura.

2. Plataformas open banking

As plataformas digitais do Sistema Unicred estão sendo preparadas para trabalhar de forma integrada com o modelo de open banking, como foco orientado a serviços, com soluções cada vez mais modernas e escaláveis.

O conceito de open banking propõe que as instituições financeiras se concentrem em sua atividade principal e ofereçam interfaces para que outras empresas possam desenvolver aplicações que tragam valor ao cliente final.

Em breve, a Unicred deve compartilhar suas APIs com outras cooperativas, fintechs e empresas de tecnologia financeira, garantindo aos cooperados novos canais de acesso a partir de soluções desenvolvidas pelos parceiros.

3. Tokenização e segurança

Para avançar no campo da tecnologia, é preciso garantir segurança às transações realizadas em meio digital. Por isso, a Unicred desenvolveu o UniToken, um sistema de validação de transações financeiras realizadas pela internet e através do Mobile Banking.

Antes, eram enviadas mensagens de texto ao celular do associado para finalizar as operações. Agora, a ferramenta valida a transação diretamente no app e no site, contribuindo para a redução de fraudes.

A ferramenta foi desenvolvida internamente pela equipe de tecnologia da cooperativa e reduziu drasticamente o número de tentativas de fraude e de perdas financeiras, o que também serviu de estímulo para cooperados migrarem do físico para o digital.

4. Internet das coisas (IoT)

Estudos globais apontam que, até 2020, cerca de 26 bilhões de dispositivos estarão conectados à internet em todo o mundo. Diante deste cenário, a Unicred está testando a integração do IoT Speaker (Google Home Mini) ao seu sistema.

A integração permitirá ao cooperado interagir com dispositivos conectados à internet para realizar funções transacionais, como saber o saldo de conta corrente, obter mais informações sobre investimentos e agendar lançamentos futuros.

5. Power BI

Executivos e gestores do Sistema Unicred utilizam a ferramenta Power BI para conectar todas as informações de negócio da cooperativa visando a tomada de decisões estratégicas de forma mais ágil e baseadas em dados sistêmicos atualizados.

A ferramenta conta com 400 usuários ativos e mais de 130 painéis, auxiliando o sistema cooperativo a acompanhar o dinamismo do mercado financeiro, bem como a aprimorar relatórios de desempenho e indicadores dos produtos e serviços de forma integrada.

6. ATM inteligente

Para os cooperados que ainda preferem utilizar sistemas físicos para realizar transações, a Unicred firmou uma parceria que permite a realização de saques sem cartão, depósitos sem envelope e consultas de saldo e extrato em qualquer terminal da Saque e Pague.

A empresa de tecnologia possui uma rede de autoatendimento com 1.100 terminais em todo o país. O saque sem cartão é possível graças ao UniToken, que gera as senhas dinamicamente.

Resultados práticos

Somente no segundo semestre de 2018, o Sistema Unicred transacionou o montante de R$ 33,4 bilhões, com significativo aumento da participação dos canais digitais em comparação ao mesmo período de 2017 (de 49% para 55% do total de transações).

A maior utilização dos canais digitais representou uma economia de R$ 5,2 milhões para o sistema apenas no segundo semestre de 2018.

O resultado reflete o papel da tecnologia não apenas na comodidade oferecida aos cooperados, que têm diferentes canais à disposição para utilizar produtos e serviços, mas também na redução de custos e na otimização de processos internos da cooperativa.

Fernando Fagundes, CEO da Unicred do Brasil

“A inovação permeia toda nossa estrutura. Hoje podemos dizer que estamos alinhados ao que há de mais tecnológico e inovador no mercado financeiro. Mas ainda há muito o que avançar. Novas tecnologias surgem a cada dia. O mais importante neste contexto é entender que transformação digital é uma jornada sem fim, cujo propósito central é levar benefícios aos cooperados, que são os verdadeiros donos do negócio. Por isso, defendemos que é necessário sempre inovar juntos”, afirma Fagundes.

Raio-X da Unicred

O Sistema Unicred é uma instituição financeira cooperativa que surgiu em 1989, no Rio Grande do Sul, com origem na área médica e profissionais da área da saúde. Hoje, atua de forma mais abrangente, em outros segmentos da economia.

A cooperativa oferece serviços como investimentos, previdência, seguros, linhas de crédito e assessoria financeira. O sistema é formado por um conjunto de instituições com forma e natureza jurídica próprias, de natureza civil, sem fins lucrativos.

A Unicred conta atualmente com 4 Centrais, 35 Cooperativas, 257 unidades de negócios e 209 mil cooperados, além de uma Confederação Nacional, a Unicred do Brasil, com sede em São Paulo.

Assista ao Webinar

Nesse post você teve a oportunidade de conhecer mais detalhes sobre a jornada da transformação digital e da inovação no Sistema Unicred.

Se quiser saber mais sobre o case e entender o passo a passo do Unicred Inova, além dos detalhes das estratégias de inovação e os principais indicadores alcançados, assista agora gratuitamente ao Webinar que gravamos com Fernando Fagundes, Diretor Executivo – CEO do Sistema Unicred.

Se quiser conferir outros cases como esse, cadastre-se e acompanhe o blog do Coonecta. Por aqui teremos sempre um conteúdo de alta relevância voltado aos gestores de cooperativas.