Conferência Internacional de Cooperativismo de Plataforma chega ao Brasil

A 7ª Conferência Internacional de Cooperativismo de Plataforma já tem data e local definidos: acontecerá no Museu do Amanhã, no Rio de Janeiro, entre os dias 4 a 6 de novembro deste ano. 

Realizada pelo Platform Cooperativism Consortium – organização liderada por Trebor Scholz – em parceria com o Instituto de Tecnologia e Sociedade (ITS Rio), a conferência tem apoio da Coonecta e é ponto de encontro obrigatório para entender o panorama mundial do cooperativismo de plataforma. Esta é a primeira vez que o evento referência mundial em cooperativismo de plataforma será realizado no Brasil.

A história

A primeira edição da Conferência Internacional de Cooperativismo de Plataforma ocorreu em Nova York, em 2009, como uma resposta crítica ao fenômeno conhecido como “uberização do trabalho”. Para se ter ideia de sua importância, foi a partir dos debates na Conferência que o movimento de cooperativismo de plataforma ganhou força mundialmente.

Posteriormente, além de Nova York, Hong Kong e Berlim também receberam edições do evento, e agora chegou a vez do Brasil.

A conferência é organizada pelo Platform Cooperativism Consortium, um consórcio que apoia a economia de plataforma por meio da pesquisa, experimentação, educação, eventos, entre outras iniciativas. 

O consórcio é liderado por Trebor Scholz, acadêmico-ativista e professor associado de Cultura e Mídia na The New School, em Nova York. Ele também é considerado o “pai” do cooperativismo de plataforma, pois foi quem cunhou esse conceito em 2014 como forma de trazer o modelo cooperativo para a economia digital.

O Platform Cooperativism Consortium tem como um de seus objetivos facilitar eventos que sirvam de introdução às diretrizes éticas da economia de plataforma cooperativa. Além disso, também tem a intenção de promover a mentalidade do cooperativismo. 

Por isso que a Conferência Internacional de Cooperativismo de Plataforma é de grande importância: ela une palestrantes de diversos locais com o objetivo de disseminar os princípios do cooperativismo. Dessa forma, mais pessoas podem conhecer as vantagens de um modelo que pretende, por meio de decisões democráticas, fornecer condições dignas para os trabalhadores. 

Coonecta na Conferência Internacional de Cooperativismo de Plataforma

Em 2019, no início da nossa jornada para desenvolver um ecossistema de inovação com essência cooperativista, a Coonecta promoveu uma Missão a Nova York para uma imersão em cooperativismo de plataforma e de base tecnológica. E a participação na conferência fez parte da nossa agenda. 

Gustavo Mendes, cofundador da Coonecta, lembra que “a Conferência de 2019 foi um marco para o cooperativismo de plataforma. Foi quando o movimento atingiu outro patamar, com cooperativas de plataforma do mundo todo compartilhando suas ideias inovadoras. Foi um marco também para a Coonecta, pois percebemos que nossa visão de um ecossistema de inovação com DNA cooperativista já estava se consolidando no mundo”.

Vale ressaltar que Nova York é considerada o berço do cooperativismo de plataforma por conta de Trebor Scholz e da The New School. Inclusive, a própria prefeitura de Nova York possui um programa chamado Iniciativa para o Desenvolvimento de Cooperativas de Trabalho (WCBDI – Worker Cooperative Business Development Initiative).

Não é à toa que tantas edições da Conferência Internacional de Cooperativismo de Plataforma foram sediadas na cidade. A cidade é o segundo maior ecossistema de inovação do planeta e almeja se tornar o maior.

Mas a Missão Coonecta a Nova York não se limitou à conferência. Para saber tudo o que rolou por lá, acesse nosso e-book sobre o tema. 

A edição brasileira da Conferência Internacional de Cooperativismo de Plataforma

Realizada pela primeira vez na América do Sul, a Conferência Internacional de Cooperativismo de Plataforma deste ano traz como tema central: Owning the Future: Sustainably Scaling Platform Cooperatives With the Global South.

E traz também uma questão específica: como as cooperativas digitais escalaram seus negócios habilmente nos setores da agricultura, assistência, finanças, transporte, entre outros? 

A questão está relacionada à dúvida se as cooperativas de plataforma podem escalar para competir com sucesso com grandes empresas de tecnologia. A organização do evento coloca em debate: 

  • Como podemos construir uma economia digital cooperativa engenhosa e assertiva no Sul Global – uma economia que foi super explorada e extraída pelo colonialismo de dados e trabalho do Norte Global? 
  • O que significa para as cooperativas escalar enquanto aderem aos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da ONU? 
  • Organizações Autônomas Descentralizadas (DAOs), blockchains e outras tecnologias distribuídas tão em voga ajudarão essas aspirações de crescimento e abordarão questões de governança?

Ainda segundo os organizadores, o Brasil tem uma forte tradição em cooperativas e agora está emergindo como um hub global para plataformas digitais de propriedade de trabalhadores e usuários nos últimos anos. Os contornos da economia digital cooperativa global de amanhã já são visíveis em cidades como o Rio de Janeiro.

Entre os parceiros do evento estão a Coonecta, o Observatório do Cooperativismo de Plataforma (OCP), o Laboratório de Pesquisa DigiLabour e o MundoCoop. O evento também conta com o patrocínio do Sescoop/RJ, da Coopersystem e da Needs Map Coop.

Os palestrantes

O evento contará com mais de 30 palestrantes. Entre os keynotes speakers estão: Alice Braga, Anita Gurumurthy, James Muldoon, Rafael Grohmann, Rafael Zanatta e Rosana Pinheiro-Machado. Trebor Scholz também marcará presença como um dos palestrantes.

Neste ano, além de parceira do evento, a Coonecta também estará no palco como palestrante, representada por Gustavo Mendes. “Creio que essa edição de 2022 vai ser um importante momento de retomada pós-pandemia. Acredito que o evento retomará aquela força de 2019 e seguirá de onde parou”, afirma Mendes. 

Ele ainda completa: “vai ser interessante ver como avançaram questões importantes desde então, como o desafio do financiamento às cooperativas de plataforma e de políticas de apoio a seu desenvolvimento. A Coonecta, de certa forma, foi gestada nessa Conferência e, hoje, três anos depois, estamos felizes de poder ser um dos parceiros e palestrantes”.

Anote na agenda:

O evento acontece presencialmente nos dias 4, 5 e 6 de novembro de 2022, no Museu do Amanhã, no Rio de Janeiro. A entrada é gratuita, porém limitada e restrita às pessoas que realizarem sua inscrição pelo site. Para aproveitar tudo que o maior evento do cooperativismo de plataforma tem a oferecer, veja mais informações e inscreva-se clicando aqui.

spot_img
spot_img

Relacionados

Elaine Alves
Elaine Alves
Graduanda em Jornalismo pela ECA-USP. É apaixonada por moda, cinema e jornalismo literário. Atualmente, é estagiária da Coonecta.