Plataforma compila dados de mais de 10 anos do cooperativismo financeiro

Está previsto para o Dia Internacional do Cooperativismo – este ano comemorado em 4 de julho – o lançamento da plataforma de dados BI.COOP. A iniciativa compila dados de mais de uma década do cooperativismo financeiro brasileiro. 

Com interface simples e intuitiva, a plataforma reunirá números de cooperativas financeiras nas esferas municipal e estadual, sincronizada constantemente com as divulgações e publicações do Banco Central do Brasil. 

Em resumo, espera-se acompanhar a evolução em números financeiros, contábeis, índices, números de associados, participação de mercado etc., com análises nacionais, estaduais, municipais e por cooperativa.

A iniciativa é idealizada por Éder Lemke, que, além de CEO da BI.COOP, é fundador e CEO da Mindtec; CIO da CleanClic; membro efetivo do Conselho de Administração da Ciclos (Cooperativa de Infraestrutura, Consumo e Serviço do Brasil; e membro efetivo do Conselho de Administração do Sicoob Centro-Serrano.

Em contato com a Coonecta, Lemke deu mais detalhes sobre a plataforma de dados. Veja a seguir.

Éder Lemke tem MBA em Gestão de Cooperativas de Crédito pela USP/Esalq

De onde veio a motivação para criar uma plataforma de dados?

Em 2017, iniciei um MBA e na primeira aula o professor Márcio Port nos apresentou um dos desafios para o crescimento do cooperativismo financeiro: o desconhecimento da sociedade sobre o tema! A partir daquele dia tenho estudado, ponderado e, de alguma forma, tentado colocar em prática algo que de fato pudesse colaborar para que esse desconhecimento seja reduzido e tenhamos um cooperativismo financeiro ainda mais expressivo.

Participando do conselho de administração de uma cooperativa, no qual mensalmente acompanhamos, dentre outros temas, os números e índices contábeis, e anualmente fazemos as pré-assembleias e assembleia geral ordinária para prestação de contas, me surgem as questões: Por que aguardar o ano inteiro para demonstrar aos associados, e para toda sociedade, a evolução da cooperativa? Não seria interessante ter esses dados disponíveis a qualquer momento e acessíveis a todos de forma simples e fácil?

Comecei, então, a fazer pesquisas sobre esses dados e o site do Banco Central do Brasil foi o único onde localizei informações atualizadas dessa natureza, porém divulgadas de forma que não permitem acompanhamento simples do cooperativismo financeiro, já que o foco é o Sistema Financeiro Nacional de forma geral.

Desde quando você se dedica a esse projeto?

A ideia da plataforma de dados começou a tomar forma, ainda como um projeto sem marca ou planos muito claros, há aproximadamente um ano, em 7 de maio de 2019 ser exato, quando enviei o primeiro e-mail ao Banco Central do Brasil a fim de esclarecer algumas dúvidas sobre os dados disponibilizados em seu site.

A partir daí iniciei uma jornada de ideias e análises de como reunir e disponibilizar os números das cooperativas de crédito, de forma simples, e que todos pudessem acompanhar o cooperativismo financeiro e compreender a sua importância para a sociedade.

E tem tido apoio?

Sim! A jornada contou com o apoio e cooperação de alguns amigos e, dentre eles, destaco: Vitor Romero Moulin Teixeira, que sempre me motivou a realizar esse projeto; Leonardo Porto Marques, sempre muito solícito para enriquecer meu conhecimento na área financeira e Business Intelligence; Wanderson Vieira da Silveira, que sempre esclarece as minhas dúvidas sobre contabilidade e índices contábeis; Fábio Simmer Bernardes, que aceitou o desafio de dedicar horas do seu tempo para a estruturação e implementação da plataforma; e o Ricardo Silva Porto, responsável pela criação da marca.

Qual o status do desenvolvimento?

Em 6 de maio deste ano ocorreu o pré-lançamento da plataforma, agora oficialmente identificada como BI.COOP, e no dia Internacional do Cooperativismo (4 de julho) faremos o lançamento oficial. O pré-lançamento possibilita o cadastramento de “beta-testers” que poderão cooperar avaliando as versões prévias ao lançamento.

Para saber mais, acesse o site da BI.COOP.